quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

portuguese fashion on top of the game

acompanhei de perto nova iorque, londres e milão (a pior semana de moda de todas esta estação), e confesso, sem patriotismos, aliás acho que se nota que o meu blog é tudo menos patriota que tanto a marca fatima lopes (ontem) como felipe oliveira baptista (hoje) estão entra os melhores desfiles das capitais de moda, pelo que vi e como é óbvio pelo aquilo que avalio baseado no meu sentido estético, no meu gosto, e na minha honestidade de interpretação, sendo que paris a última e a mais emblemática arrancou ontem (precisamente pela mão ou direi pele da portuguesa)

a marca fatima lopes desconstruiu morfologicamente a roupa ou o corpo que suporta a roupa, formas justas mimicavam a ideia de uma silhueta perfeita, como se a roupa se transformasse numa ilusão de um segundo corpo em cima de outro corpo... com recurso a pele em preto bloqueada por tons nude (já se viu isto noutros criadores, mas não desta forma, aqui aludiu-se à pele exterior e ao corpo humano interior), a cor sangue vivo nos sapatos (fantásticos sapatos diga-se de passagem), que depois se transferia para casacos de pele e vison retalhados nas mangas como se fossem a espinha dorsal, a mesma alusão à espinha dorsal numas calças (imagem da marca) mas em diagonal com um top justo com padrão abstracto inspirado em imagens do sistema nervoso ou de vasos sanguíneos... nunca tinha visto padrões na roupa da fatima lopes mas eram perfeitos, os mesmo apareciam depois em vestidos, meio retro meio edgy, sempre com a acentuação da cintura e do jogo de ilusão, como se olhássemos por vezes um livro sobre o corpo humano e o transformássemos em roupa glamourosa e nesta mulher fatal e carnal mas ao mesmo tempo tímida, tapando os olhos com os chapéus com aplicações de penas bordados, sempre com a ideia de roupa vs inspiração, comercial vs espectáculo, os acessórios na cabeça de inspiração asiática combinavam na perfeição com o vermelho vivo dos lábios e das unhas exageradas... para mim a melhor colecção da marca fatima lopes... melhor ainda que a última colecção sua de inverno que tinha sido a melhor até à data... a estilista amadurece a cada ano que passa, e se pensarmos que esta senhora que começou miúda com cortes ultra-sexy quase sexuais e despudorados, e que por isso mesmo era alvo de muitas críticas, e que ainda (estranhamente) não é bem vista em alguns sectores do media nacional ligados à moda (que são poucos e cada vez piores no nosso país sejamos honestos), consegue agora ser mais excitante nas colecção de inverno do que propriamente nas de verão... bravo Fátima Lopes mulher, designer e empresária.

MORE TO COME TOMORROW WITH Felipe Oliveira Baptista review and photos































Sem comentários:

Enviar um comentário