domingo, 5 de fevereiro de 2012

movie -rates

take shelter, um grande filme na criação de situações que se transformam em "qualquer coisa que vai acontecer, mas não se sabe o que é" com recurso a objectos mundanos, novamente o estado de medo e ansiedade que já é imagem de marca do cinema no início deste século, e da ideia de uma esquizofrenia generalizada na américa da classe média... mas que se destrói por ser repetitiva e ter um fim que rebenta o filme e o que tinham sido 2 horas mais ou menos penosas... menos meia-hora e menos dispersão, e o filme seria perfeito...

Sem comentários:

Enviar um comentário